A história da cerveja defumada

Schlenkerla Smoke Kiln

secagem de fumo de malte

Muitas histórias especulam sobre o surgimento das cervejas defumadas. Algumas cheias de fantasia, outras um tanto bizarras. A maioria delas se apresenta na forma de fábulas ou lendas.

Os velhos sumeranos e Babilonios já sabiam a arte de fazer cerveja. Os métodos antigos pouco se diferenciavam dos atuais, se não olharmos para a tecnologia e as ferramentas utilizadas. A cevada verde sempre precisou ser secada (malteada). Como a secagem com ajuda do sol era muito difícil em virtude da nossa latitude (a intensidade de sol na Alemanha é baixa) só existia uma solução: Secar sobre o fogo aberto. Com este processo, a geração de fumaça era inevitável, transferindo ao malte o seu aroma. As novas tecnologias possibilitaram a obtenção do malte sem uso de fogo aberto, consequentemente sem o aroma de fumaça. Na Rauchbier, a antiga tradição é mantida. Com todo gole de Aecht Schlenkerla Rauchbier, você está experimentando um pouco do passado.

Preservar a tradição significa manter o fogo aceso, e não para conservar as cinzas.